Compare as principais taxas da maquineta de cartão!

4
Venda de recarga de celular

Compare as principais taxas da maquineta de cartão!

Taxas da maquineta de cartão – Oferecer facilidades de pagamento para os clientes é muito importante para as vendas de uma empresa. O empresário atento sabe disso e conhece as vantagens de ter uma máquina de cartão de crédito. Então, agora é bom entender as diferentes taxas da maquineta de cartão cobradas pelas principais fornecedoras.

Essas instituições podem vender ou alugar os equipamentos. Além disso, para cada operação efetuada o estabelecimento vendedor paga uma taxa.

Geralmente, as vendas por cartão de débito têm encargo menor que aquelas feitas na categoria crédito. No caso de parcelamento, ainda pode ser cobrada uma taxa adicional. Os percentuais variam de acordo com a fornecedora — assunto do comparativo a seguir.

Máquinas de cartão sem fio

O sistema sem fio é chamado de POS (Point of Sale) e funciona com a tecnologia móvel (GPRS), utilizando um chip de celular. A principal vantagem dessas máquinas está no fato de que é possível deslocá-las até o cliente, possibilitando mais conforto e praticidade.

Antes de analisar caso a caso, é importante destacar que as taxas por operação podem variar de acordo com o ramo de atuação do seu estabelecimento.

Cielo

A Cielo cobra R$ 89,90 como tarifa de adesão, mais uma mensalidade de R$ 179,90.

As taxas são de 2% para débito e 2,5% para crédito à vista.

Rede

A aquisição da maquineta não tem custo.

Para essa modalidade sem fio, a Rede oferece um plano de preço fixo, no qual estão incluídos o aluguel e as taxas sobre transações. A mensalidade começa em R$ 99,00, mas varia de acordo com alguns critérios, como a expectativa total de vendas no mês.

GetNet (Santander)

A máquina da GetNet não tem taxa de aquisição, apenas a mensalidade de R$ 149,00.

A taxa é de 2,5% cobrada nas vendas em débito e 3% no crédito à vista.

Bin

A máquina Bin também não tem valor de adesão. A mensalidade é de R$ 70,00.

Os valores cobrados sobre transações variam bastante, de acordo com o segmento do negócio. Para uma previsão das taxas, o site disponibiliza uma ferramenta de simulação.

Stone

Outra opção de máquina sem fio é a Stone. Para aderir a ela, não há cobrança de tarifas. A mensalidade, que não é divulgada pela empresa a título de consulta, cobre serviços de manutenção de máquinas, suporte técnico, fornecimento de bobinas e material visual.

Os valores de tarifas podem variar de acordo com o ramo de atividade e o valor de faturamento. taxas da maquineta de cartão

Máquinas móveis de cartão

Nessa categoria, as operações são processadas por meio das tecnologias 3G ou 4G.

Não ocorre impressão do comprovante em papel. Algumas fornecedoras, porém, oferecem o envio da comprovação diretamente para o celular do cliente por meio de mensagem de texto, com todos os dados da compra.

Isso gera menos custos e permite a disseminação desse meio de pagamento, inclusive para os pequenos empreendimentos.

Aqui, também, as taxas por venda podem variar de acordo com o ramo de negócio.

Máquina Moderninha (UOL)

A Moderninha do UOL não cobra mensalidade. A aquisição sai por R$ 478,80 ou 12 parcelas de R$ 39,90.

As taxas operacionais são de 2,39% para débito e de 3,19% para crédito à vista.

Máquina Mercado Pago Point

O sistema de cartão Mercado Pago Point não cobra mensalidade. O preço de aquisição é de R$ 478,80 à vista ou R$ 39,90 em 12 vezes.

As taxas de transação são de 2,29% para débito e a partir de 3,03% no crédito à vista.

App Cielo Mobile

O sistema Mobile da Cielo não tem máquina. Realiza vendas apenas no crédito, à vista ou parcelado, a partir do aplicativo instalado no celular. Para operações no débito, oferece a solução de leitor.

Essa versão da Cielo cobra 4,05% por venda em crédito à vista.

Máquina Mobile Rede

A Rede cobra um aluguel de R$ 4,90 por mês no primeiro ano de uso e, a partir do segundo, a mensalidade passa para R$ 29,90.

As taxas são de 2,99% no débito e 6,5% no crédito à vista.

Leitores de cartão

Modalidade mais indicada para pessoas físicas e micro/pequenas empresas, os leitores de cartão dispensam toda a burocracia exigida para contratação de uma máquina tradicional.

A informalidade dos pequenos negócios, caracterizada pela ausência de documentação completa e pela incerteza de faturamento, encontra nos leitores uma opção simples e barata para receber pagamentos.

O funcionamento depende apenas de uma conexão Bluetooth, feita a partir do celular ou tablet.

São várias as vantagens de utilizar esse sistema de recebimento, sendo as principais: cadastro simplificado e suporte on-line, mobilidade, possibilidade de cadastrar conta-corrente de pessoa física, cobrança de taxas somente sobre o que é vendido.

Para negócios maiores, existem algumas desvantagens, como não aceitar todos os tipos e bandeiras de cartões, dependência de outros dispositivos e restrição à negociação por menores taxas.

Payleven

A maquininha pode ser adquirida em até 12 vezes de R$ 9,90, sem outras despesas adicionais.

A Payleven não exige conta-corrente do usuário para depósito dos valores. Isso pode ser feito por meio do crédito em cartão pré-pago.

A taxa cobrada por venda no crédito é de 4,19% e, para débito, 2,49%.

SumUp

Esse leitor tem um custo de 12 vezes de R$ 9,90 e é livre de mensalidades.

Oferece opções a partir de 3,9% no crédito, dependendo da opção contratada. No débito, a taxa é de 2,3%.

iZettle

A iZettle tem como proposta oferecer mais rapidez em suas operações.

O custo de aquisição do aparelho é de 12 vezes de R$ 14,90. A cobrança é de 4,99% no crédito e 2,39% no débito.

chip de celular

chip de celular

Minizinha Pag Seguro

O leitor da Pag Seguro não tem cobrança de aluguel nem taxa de adesão. Assim como os demais, existe o valor para compra do aparelho, que é de 10 parcelas de R$ 9,90.

O valor da taxa no crédito vai de 4,99% a 5,59%, dependendo da escolha pelo prazo de resgate do valor.

Para as vendas no débito, o valor é de 2,39% por transação.

Não é necessário falar do quanto é representativa a venda eletrônica por meio de crédito e débito em qualquer tipo de comércio ou serviço. Entretanto, estar atento a detalhes como as taxas da maquineta de cartão e todo o custo operacional envolvido pode fazer a diferença no faturamento mensal. taxas da maquineta de cartão

Cada detalhe é importante, e aliar economia à qualidade no atendimento ao seu cliente se torna, cada dia mais, um fator de sobrevivência no mercado. taxas da maquineta de cartão

Se você concorda com isso e quer ter outras informações sobre como vender mais e aumentar a lucratividade da sua empresa, siga-nos nas redes sociais (Facebook, Twitter).

maquina de cartão

maquina de cartão

Compartilhar.

4 Comentários

Deixe o seu comentário