Tarifas telefônicas adicionais: o que mudou?


Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
 

Tarifas telefônicas adicionais: o que mudou?

Você sabia que as tarifas telefônicas estão passando por muitas mudanças no Brasil? Embora as novidades não sejam divulgadas como deveriam, elas estão acontecendo a todo vapor.

Um exemplo é a negociação feita pela Tim e pela Oi — já que as duas empresas anunciaram recentemente que não vão mais cobrar tarifas adicionais entre as operadoras. Fantástico, não é? Agora, as ligações passam a ser contabilizadas no mesmo pacote de minutos do seu plano.

Descubra agora como essas mudanças podem influenciar seu dia a dia!

Mudança das tarifas telefônicas

Como você deve saber, até pouco tempo atrás, as principais companhias telefônicas do Brasil cobravam tarifas diferentes. A cobrança dependia da origem e do destino das ligações, isto é, elas variavam se você fizesse uma ligação para um número da mesma operadora que você utilizava ou se ligasse para um chip de qualquer outra.

Essa medida fez com que muitas pessoas optassem por ter mais de um celular. Assim, elas poderiam ter oschips de operadoras diferentes, dependendo de quem precisavam se comunicar. Essa era uma medida tomada para que garantissem as medidas promocionais em cada operadora diferente.

A mudança aconteceu recentemente — primeiro com a Tim e, logo em seguida, com a Oi. Ambas afirmaram que vão deixar de cobrar uma tarifa distinta para chamadas feitas para operadoras diferentes.

Essa é uma estratégia e tanto que pode ajudar as grandes marcas a conquistarem um novo mercado com esse pacote de vantagens. Tudo isso porque as tarifas serão bem mais baixas do que antes.

Benefícios

As tarifas cobradas nos novos planos chegam a ser até 80% mais baixas, mas não vão impactar muito o resultado financeiro das companhias. Isso porque a receita de pré-pago nessas operadoras já é muito baixa, justamente porque as pessoas evitam a qualquer custo ligar para números de outras operadoras. No caso dos consumidores que têm múltiplos chips, é comum usarem cada um deles para uma operadora diferente.

Além disso, estudos recentes mostram que a base da telefonia celular pré-paga tem encolhido muito nos últimos meses. A Anatel revelou, no início de outubro, que as linhas celulares do país reduziram mais de 4 milhões de acessos de maio a setembro de 2015.

As mudanças das duas operadoras também incluem uma oferta de dados maiores, já que a nova forma das pessoas lidarem com a telefonia celular envolvem um alto uso do WhatsApp e da internet, por exemplo.

Com essa medida, você não precisa mais ficar carregando diversos celulares, muito pelo contrário, apenas um chip da Tim ou da Oi pode fazer com que você ligue para todas as demais com o preço de tarifa normal.

Manter as mesmas tarifas telefônicas é uma maneira muito eficiente de atrair novos clientes e de aumentar o interesse de cada um deles pelos planos pré-pagos.

Mas conta para a gente: você tem o chip de alguma dessas operadoras? Esse seria um fator determinante para que você migrasse para alguma delas? O que você achou da mudança? Não esqueça de compartilhar sua opinião nos comentários!

Venda recarga de celular

Recarga tim

 

Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Deixe uma resposta